As casas serão edificadas no Loteamento “Tia Chica”, através de um programa associativo.

 A noite desta quarta-feira, 04, foi de muita expectativa para 36 aparecidenses selecionados para preenchimento das vagas da primeira etapa do Loteamento “Tia Chica” que será edificado através do Programa Habitacional Financiado com Subsídio, criado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul em parceria com o Governo Federal e a Prefeitura de Aparecida do Taboado.

O sorteio foi realizado no Centro Cultural e Pedagógico “Professor Agrício José Tolentino”, pela Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), por intermédio do IEDHI Cidadania.com, representada por Armando Carminatti Filho e Ângelo Luiz Pereira Trombeti.

O evento contou com a presença da secretária municipal de Assistência Social e primeira-dama, Lucilene Tábuas Carrasco, que na oportunidade representou o prefeito Robinho Samara; gerente geral da agência local da Caixa Econômica Federal, Lincoln Cezar Melo Godoeng Costa; Wesley Marcos L. da Costa, gerente de atendimento e negócios de pessoa jurídica da agência Caixa Econômica Federal; e da corretora Ruteneia Regiane Freitas, da Imobiliária Taboado.

A secretária, Lucilene, parabenizou a todos os selecionados e enfatizou alegria em ver mais unidades habitacionais sendo conquistadas para Aparecida do Taboado. “Estamos muito felizes por mais uma etapa conquistada. Queremos agradecer a todas as entidades envolvidas neste programa e dizer que o prefeito Robinho Samara tem trabalhado para trazer ainda mais habitações para Aparecida do Taboado. É gratificante ver tantas pessoas com ideal de vida”.

Antes de iniciar o sorteio, Armando Carminatti explicou sobre o programa e agradeceu a parceria com a Prefeitura de Aparecida do Taboado, que doou o terreno com toda infraestrutura para a construção de casas. “Este é um programa que incorpora subsídio Estadual ao subsídio Federal no financiamento do FGTS, ampliando e facilitando o acesso das famílias com renda entre R$ 1.300,00 (Um mil e trezentos reais) a R$ 3.520,00 (Três mil e quinhentos e vinte reais) a casa própria. Esse programa associativo só é possível se houver interesse da Prefeitura, por isso quero agradecer ao empenho do prefeito, da secretária de Assistência Social, Caixa Econômica Federal e a Imobiliária Taboado, que nos ajudou na seleção”.

Segundo contou Carminatti, foram realizadas mais de 350 inscrições pelo site da Agehab (www.agehab.ms.gov.br). Deste número, foram selecionados 36 aparecidenses dentro dos requisitos exigidos e mais 13 para cadastro reserva que possivelmente ingressarão na segunda etapa do programa. “Vocês [selecionados] estão de parabéns. É preciso ter consciência que este é um compromisso de longo prazo, mas se você não tentar vencer os obstáculos, nunca vai ter nada na vida”, disse.

O gerente da Caixa, Lincoln Cezar, explanou aos selecionados que o empreendimento acontece devido a união das entidades para atender a esta faixa de renda – de R$ 1.300,00 a R$ 3.520,00 -, porém é preciso que cada um tenha ciência da responsabilidade do financiamento, pois caso não haja o cumprimento do pagamento da dívida o imóvel passa por desocupação exigida pela Caixa Econômica, conforme estipulado no contrato que será realizado.

Ao final, três pessoas foram selecionadas para fazer parte da Comissão de Representantes. Elas ficarão responsáveis por acompanhar todo o processo de edificação e terão acesso à planta e memorial descritivo do projeto.