O CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) “Tião Lapa” lembrou, nesta quarta-feira, 16/05, no Centro Cultural e Pedagógico “Professor Agrício José Tolentino”, o “Dia de Luta Antomanicomial” comemorado no dia 18 de maio, com uma exposição dos trabalhos desenvolvidos pelos seus pacientes acolhidos.

Segundo a coordenadora do CAPS, Cristina Pires, “a data é importante para se refletir sobre as conquistas alcançadas após 31 anos do início da reforma psiquiátrica, assim como para garantir que não haja retrocesso nos direitos adquiridos das pessoas com transtornos psiquiátricos”.

A exposição foi aberta para toda a comunidade e alunos, iniciou às 8h e encerrou às 16h. Uma variedade de produtos artesanais foi exposta para apresentar o trabalho realizado nas oficinas terapêuticas. Além disso, o CAPS preparou uma tenda com outra exposição intitulada “tenda de reflexão”, com a frase: “Qual a linha que nos separa da loucura”.

“A maioria dos materiais é feita com produtos recicláveis ou customizados. Existem desde mosaicos com casca de ovos até bordados. São produtos muito interessantes que estão sendo comercializados pelos próprios pacientes”, contou Cristina.

Num segundo momento, uma palestra encerrou a comemoração, às 19h30 (BR), no Centro Cultural. Na oportunidade, a psicóloga Cristina Pires e a assistente social, Andréa Dantas falaram sobre “Reforma Psiquiátrica, Drogas e Prevenção de Suicídio”.

Cristina lembrou que o CAPS é um dos serviços substitutivos aos antigos manicômios e tem contribuído para a inserção social de todas as pessoas com algum tipo de transtorno e também dependentes de substâncias psicoativas (álcool e drogas). No município, a unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h, na Rua Maximino José da Rocha, 3445, Chácara Boa Vista, em frente ao Módulo Esportivo. Os telefones para atendimento são: (67) 3565-6147 ou 9 92033759. Os interessados pelos serviços do CAPS podem procurar os profissionais da unidade.

No local trabalham: psicóloga, assistente social, enfermeira, pedagoga para oficinas terapêuticas e técnica de enfermagem.