Com o objetivo de alertar para violência contra a mulher em Aparecida do Taboado e mostrar a importância de denunciar o agressor, a Prefeitura de Aparecida do Taboado deu início à campanha “Agosto Lilás”, ofertando palestras para toda a rede de Assistência Social e membros de demais secretarias.

Segundo a coordenadora do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), Lucimeire Brandão, a campanha envolve, além da Secretaria Municipal de Assistência Social, CRAS e CREAS (Centro de Referência Especializada de Assistência Social). A ação será voltada especialmente para os beneficiários da rede assistencial, como, por exemplo, beneficiários do Programa Bolsa Família e Benefício Eventual (cesta e leite). Haverá ainda palestra para o grupo da Melhor Idade, atendido pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Foram colocadas faixas em diversos locais da cidade.

Nas palestras serão discutidos os tipos de violência doméstica e familiar contra a mulher, as causas, os estereótipos de gênero, as medidas protetivas, a Lei do feminicídio nº1304/2015 e, principalmente, como e para quem denunciar as situações de violência doméstica e familiar contra a mulher, ligando gratuitamente para o número 180 – Central de Atendimento a Mulher.

A secretária municipal de Assistência Social, Lucilene Tábuas Carrasco, enfatizou que o momento também é aproveitado para ser feita uma reflexão sobre a temática, com o objetivo de reduzir o índice desses crimes ocorridos com frequência no âmbito familiar e doméstico. “Nós temos um canal de comunicação, que é o 180, totalmente gratuito e sigiloso. As mulheres agredidas precisam ser encorajadas a denunciar, pois somente assim é possível evitar tantas ocorrências de violência doméstica, que podem levar até a morte”.