A Prefeitura de Aparecida do Taboado efetivou neste ano o Serviço de Inspeção Municipal – SIM, uma política pública municipal de relevante importância para a dinamização das economias locais. Na manhã desta segunda-feira, 10, o prefeito Robinho Samara entregou os primeiros certificados aos empresários que já cumpriram todo o procedimento para receber a certificação.

O SIM é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente por meio do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento da Costa Leste – CIDECOL. Ele visa criar oportunidades de instalação de agroindústrias para processamento da produção primária dos municípios, agregando valor, criando empregos e gerando rendas à comunidade.

O Serviço de Inspeção atende somente aos produtores que trabalham com produtos de origem animal, criando mecanismos de garantir a oferta de produtos processados livres de riscos à saúde humana, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional das populações.

“Eu parabenizo aos empresários que há algum tempo tem procurado este serviço na gestão pública. É muito importante essa adequação para oferecer produtos de qualidade, e agora, o SIM passa a ser uma realidade em Aparecida do Taboado. Nós temos trabalhado em prol de fomentar não só a questão de serviços do município, mas a sua qualidade, especialmente na alimentação, por isso a dedicação para que o SIM fosse de fato efetivado e hoje está à disposição de todo o empresário que exerce a atividade de manipulação da origem animal”, disse o prefeito.

Em Aparecida do Taboado, o veterinário responsável por sua execução é o senhor, Estênio Roberto de Freitas. Na Secretaria Municipal de Desenvolvimento o atendimento para agendamento das visitas está a cargo do agrônomo, Roberto Castro Souto.  “A ideia do consórcio é que as empresas que produzem este produto de origem animal se cadastrem nesse serviço para suas atividades. Eles devem se adequar ao SIM e todas as informações necessárias serão obtidas na Secretaria de Desenvolvimento”, explicou Estênio.

O produtor ou as indústrias já estão sendo cadastradas. “A exemplo disto já temos o Empório Bom Preço – Produção de Embutidos; Super Mix – Produção de Embutidos; Fazenda Líder – Produção de Leite, que já se adequaram e passaram a ter o SIM e receber o certificado”, apontou o veterinário.

Segundo informou a secretária de Desenvolvimento, Dulce Lima, já foram realizadas visitas e cadastros em algumas propriedades para regularização das adequações e assim receberem o certificado do SIM, a saber: Produção de Mel; Produção de Mussarela; Filetagem de peixes; Produção de ovos de codorna e ovos de granjas; Abatedouro de Suínos e Piscicultura. “Por meio do Consórcio Intermunicipal – CIDECOL, a gestão municipal executa a implantação do SIM visando proporcionar fomento e estimulo ao crescimento dos produtores e consequentemente gerar mais renda e trabalho”, finalizou Dulce.

Para esclarecer dúvidas e receber a visita do médico veterinário, o produtor precisa ir à Secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente e fazer sua solicitação.