A Prefeitura de Aparecida do Taboado realizou o projeto “Brincando na Praça” com ações de lazer, recreação e cultura para crianças. O evento, que ocorreria na Praça Poliesportiva “Aparecida Pimenta de Queiroz”, teve que ser remanejado para o Módulo Esportivo no último sábado devido à chuva, mas nada disso foi empecilho para a participação da comunidade. Estimativa da Diretoria de Esportes aponta que mais de 800 crianças participaram durante o dia todo, das 9h às 17h.

O Brincando na Praça é realizado com base na Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal e conta com a execução da RMC Esportes, patrocínio da CTG Brasil e apoio da Prefeitura de Aparecida do Taboado. Não houve nenhum custo para o Município.

De acordo com o diretor de Esportes da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Jair Queiroz, para a execução do projeto foram convidados todos os estudantes das escolas municipais, estaduais e particulares. O evento foi aberto para a participação de crianças e jovens de toda a cidade. “Estamos muito contentes com a realização do Brincando na Praça. Houve a participação de 20 profissionais de Aparecida do Taboado, entre professores de Educação Física, estagiários, monitores, enfermeiros e pintura facial, todos remunerados pelo projeto”, contou.

  Aconteceram competições de vôlei, futebol, mini tênis, peteca, basquete, cama elástica, brinquedos infláveis, pintura facial, além de jogos de tabuleiro, como xadrez, dama e dominó.  Na Saúde, teve aferição de pressão arterial.

O prefeito Robinho Samara prestigiou o evento, bem como a secretária municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Maria Margarida de Matos; Chefe de Gabinete, Jary Augusto Silva e o vereador José Natan de Paula. Na oportunidade, o prefeito parabenizou a Diretoria de Esportes pela realização do evento e enfatizou a importância de eventos como este. “É muito bom fazer parcerias como esta no município, pois a comunidade é a principal beneficiada. Este projeto agrada as crianças, incentiva o esporte e não tem nenhum custo para a Prefeitura. Somente cedemos o espaço físico e colocamos a nossa equipe para trabalhar”, disse Robinho.