A Cachaçaria Dom Tápparo Engenho, dona da marca Cachaça Cabaré, que tem como parceiros os cantores Leonardo e Eduardo Costa, quer se instalar em Aparecida do Taboado e está recebendo total apoio da Prefeitura. Na sexta-feira, 23, os empresários estiveram no município para conhecer as áreas disponíveis.

O diretor financeiro Giovanni Tápparo e os diretores comerciais Bruno Tápparo e João Manfei foram recepcionados pelo prefeito Robinho Samara, pelo chefe de Gabinete, Jary Augusto Silva e pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, Dulce Lima. Eles foram levados para conhecerem uma área localizada no Distrito Industrial “Abel Francisco Manganhato”, às margens da BR -158, sentido Selvíria; e outras duas no Distrito Industrial “Wilson Alves de Queiroz”, na rodovia MS 316, sentido Ponte Rodoferroviária.

Durante as visitas, a secretária e o prefeito entregaram para eles o mapa das áreas e cópia da Lei do PRODEAT (Programa de Desenvolvimento de Aparecida do Taboado). “O pedido deve ser protocolado na Secretaria de Desenvolvimento Econômico nesta semana e na sequência será analisado pelos conselheiros do PRODEAT”, explicou Robinho Samara.

Dulce Lima explicou que, considerando que haja as aprovações necessárias por parte dos PRODEAT e Câmara de Vereadores, a previsão de início das obras será imediata após todos os trâmites burocráticos serem finalizados.

Anteriormente, os empresários estiveram reunidos com o governador Reinaldo Azambuja, juntamente com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jayme Verruck, presidente da FIEMS, Sérgio Longen e o prefeito municipal Robinho Samara, para tratar dos incentivos fiscais e tributários do Estado.

Segundo Bruno Tápparo, eles irão analisar a Lei Municipal para elaborar a solicitação do pedido de área. O empresário destacou que a escolha de Aparecida do Taboado para a instalação da Cachaçaria foi feita por diversos fatores, dentre eles, a localização e os incentivos estaduais e municipais.

 

Como surgiu a Dom Tápparo Engenho?

Por iniciativa do Sr. José Tápparo, que em 1978 resolveu produzir cachaça para o consumo próprio e presentear os amigos. A cachaça fez tanto sucesso que começaram a querer comprá-la. Foi então que José Tapparo viu nessa atividade uma oportunidade de negócio.

Com o passar dos anos e a entrada dos filhos Ademílson e Carlos na empresa, o engenho cresceu e passou a produzir vários tipos de cachaças, coquetéis alcoólicos e licores. Hoje a empresa conta com a colaboração da terceira geração da família Tápparo, Bruno, Giovanni e Breno, Marcus, Fernando e Carla Tápparo.

A produção da cachaça Dom Tápparo é toda feita na propriedade da família: plantio da cana-de-açúcar, moagem, destilação e envelhecimento. Além da produção toda na propriedade, o envelhecimento é feito em barris de Carvalho Europeu e Americano e outras madeiras como Amburana e Amendoim.

A Dom Tápparo faz questão de marcar presença em eventos estabelecendo contato direto da marca e dos sabores com as pessoas formadoras de opinião, fidelizando consumidores e fazendo novos amigos.