Devido o número alarmante de casos notificados de suspeita de dengue, a Prefeitura de Aparecida do Taboado, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde e execução da Coordenadoria de Vetores, iniciou, nesta quarta-feira, 13, o bloqueio através da máquina UBV-Ultra Baixo Volume pesada acoplada em um veículo (FUMACÊ).

José Fernando da Silva, gerente técnico da Coordenadoria de Vetores, explicou que o veículo foi cedido pelo Governo do Estado devido o alto número de casos notificados da 2ª semana até a 7ª semana do ano. De seis casos na 2ª semana o número subiu para 96 até a última estatística divulgada pela Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica.

O trabalho da UBV ocorre de maneira setorizada, no entanto ele pode ser expandido após o atendimento dos bairros programados. “Junto do trabalho da UBV estamos fazendo o controle mecânico, ou seja, retirando os objetos que possam vir a serem criadouros do mosquito Aeds Aegypti”, contou José Fernando.

Estão na programação 453 quarteirões, que compreende nove micro áreas, para receberem a aplicação espacial de inseticida. Não existe uma previsão de quando o trabalho encerrará, o que foi explanado pelo gerente técnico é que, cada micro área será atendida em três ciclos, tendo uma diferenciação de três a cinco dias de um para outro.