Na manhã desta segunda-feira, 11, o prefeito Robinho Samara reuniu-se com os representantes das Organizações da Sociedade Civil de Aparecida do Taboado, no Gabinete, para assinar o “Termo de Fomento” que permite o repasse de verbas de janeiro a dezembro de 2019, para auxiliar nas demandas de cada uma na prestação de serviços assistenciais.

A secretária de Assistência Social, Lucilene Tábuas Carrasco acompanhou o ato, juntamente com a técnica de prestação de contas de convênios, Alessandra Freitas Saco, e destacou que o “Termo de Fomento” atende a seis entidades, sendo a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), o Lar “Vicente Marques de Queiroz”, o Instituto Promocional “Dom Afonso Maria Fusco”- Mantenedora da Congregação de São João Batista, o Centro Espírita Joana D’arc – Mantenedora do Albergue Noturno, a Associação “Mãos que Brilham” e a Associação Hospitaleira de Assistência Social – Casa da Hospitalidade São João de Deus. “Nós fizemos todo o possível para atender as entidades já no começo do ano. O mês de janeiro eles vão receber o repasse retroativo. Estamos muito felizes em contribuir com a prestação de serviços de todos”, disse.

Estiveram presentes: Josefa Aparecida de Queiroz (Casa da Hospitalidade São João de Deus); João Vitor Pietro da Silva e Iane Macena de Oliveira (Lar dos Idosos); Ana Marina Poletto e Neide Poleto (Associação Mãos que Brilham); Irmã Ângela Maria Jorge e Joana Miranda (Instituto Dom Afonso Maria Fusco) e Norma Sueli Silva Martins (Centro Espírita Joana D’arc).

Ao falar com os representantes das entidades, o prefeito Robinho Samara se comprometeu em cumprir com o repasse até o final de 2020, quando encerra sua Administração. “Se Deus quiser, eu quero cumprir com vocês até o último dia do meu mandato. A receita do Brasil caiu e a gente está fazendo todos os ajustes para manter e honrar os nossos compromissos. Eu agradeço também ao Legislativo, por nos ajudar a correr atrás de recursos para o nosso município”.

Com a oficialização do “Termo de Fomento”, a Prefeitura irá repassar para a APAE o valor anual total de R$ 132.233,04 (Cento e Trinta e Dois Mil Duzentos e Trinta e Três Reais e Quatro Centavos) através de verba municipal de manutenção, R$ 32.551,92 (Trinta e Dois Mil Quinhentos e Cinquenta e Um Reais e Noventa e Dois Centavos) pelo FEAS (Fundo Estadual de Assistência Social) e R$ 22.174,08 (Vinte e Dois Mil Cento e Setenta e Quatro Reais e Oito Centavos) pelo MDS (Ministério de Desenvolvimento Social).

O Lar dos Idosos “Vicente Marques de Queiroz” irá receber R$ 83.709,96 (Oitenta e Três Mil Setecentos e Nove Reais e Noventa e Seis Centavos) do Município, R$ 29.131,68 (Vinte e Nove Mil Cento e Trinta e Um Reais e Sessenta e Oito Centavos) do FEAS e R$ 17.520,00 (Dezessete Mil Quinhentos e Vinte Reais) do MDS. O presidente João Vitor Pietro da Silva contou que estes repasses são fundamentais para atender aos 43 idosos acolhidos no Lar. “A gente aplica estes recursos em prol do Lar dos Idosos, nas despesas do dia a dia, para manter a receita, alimento, medicamento, energia, funcionários. Agradeço ao prefeito Robinho Samara e a secretária de Assistência Social, Lucilene Tábuas Carrasco”, disse.

O Instituto “Dom Afonso Maria Fusco” terá em 2019 um total de R$ 80.251,20 (Oitenta Mil Duzentos e Cinquenta e Um Reais e Vinte Centavos) pela Prefeitura e R$ 15.780,00 (Quinze Mil Setecentos e Oitenta Reais) pelo Fundo Estadual de Assistência Social. A presidente do Instituto, Irmã Ângela, ressaltou a necessidade do fomento para o funcionamento do local, que atende a 140 crianças. “Ele é de fundamental importância para que possamos levar a frente nossa obra. Agradeço primeiramente a Deus por dar essa possibilidade de podermos contar com este recurso, a toda equipe da Prefeitura que se empenhou e ao prefeito Robinho, por nos permitir mais uma vez poder contar com esse recurso para trabalhar junto às crianças deste município” falou.  

O Centro Espírita Joana D’arc (Albergue Noturno) terá um aporte de R$ 38.557,20 (Trinta e Oito Mil Quinhentos e Cinquenta e Sete Reais e Vinte Centavos) repassado pelo Município e R$ 13.502,64 (Treze Mil Quinhentos e Dois Reais e Sessenta e Quatro Centavos) do FEAS.

A Associação “Mãos que Brilham” terá como fomento o valor anual de R$ 25.365,96 (Vinte e Cinco Mil Trezentos e Sessenta e Cinco Reais e Noventa e Seis Centavos) repassado pelo município.

A Associação Hospitaleira de Assistência Social receberá o valor total de R$ 18.621,48 (Dezoito Mil Seiscentos e Vinte e Um Reais e Quarenta e Oito Centavos) também do município.