O prefeito Robinho Samara esteve em Campo Grande, na última quarta-feira, 27, acompanhado do secretário municipal de Obras, Igor Santos Vougado, do chefe de serviços rurais, Aparecido Adão Colodino (Neguinho) e dos vereadores José Rodrigues de Matos (Zezão) e Gilson Barros, para reivindicar a retomada da obra de pavimentação da Avenida Porto Taboado e solicitar a manutenção da Ponte Rodoferroviária e seus acessos.

A primeira reunião ocorreu na Secretaria de Estado de Obras, com o secretário Murilo Zauith. Durante a tratativa, o prefeito expôs a sua preocupação com a falta de manutenção da Ponte Rodoferroviária e com a deterioração da pavimentação do Contorno Rodoviário devido o grande fluxo de carretas pesadas. Ele explicou ao secretário que o período chuvoso é um grande agravante para os problemas da malha viária. Sobre a execução da primeira parte da Avenida Porto Taboado, o prefeito demonstrou a sua preocupação com a paralisação da obra e solicitou que o Estado retome as atividades, para amenizar todo o transtorno que está sendo causado aos moradores.

Murilo Zauith explicou ao chefe do Executivo e aos vereadores presentes que assumiu recentemente a Secretaria de Obras e está fazendo um levantamento de todas as obras do Estado para elaborar um planejamento, no entanto, ressaltou que dará atenção para a execução da Avenida Porto Taboado o mais breve possível.

Sobre a manutenção da Ponte Rodoferroviária e seus acessos, o secretário de Estado de Obras informou que a responsabilidade voltou a ser do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) após o Ministério Público Federal não aceitar a cedência da responsabilidade à Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul). Ele ainda disponibilizou o Procurador Jurídico da Secretaria de Infraestrutura, Alessandro Lemes Fagundes, para acompanhar prefeito e caravana ao DNIT.

Já na unidade do DNIT-MS, a reunião ocorreu com o Superintendente Regional do DNIT-MS, engenheiro Thiago Carim Bucker, e com o coordenador de Engenharia do DNIT-MS, Antonio Carlos Nogueira. O Procurador Jurídico apresentou ao Superintendente o documento comprobatório de responsabilidade do DNIT e após confirmação foi esclarecido que a documentação do convênio de delegação foi enviada para Brasília-DF e aguarda a assinatura do responsável para publicação no Diário Oficial e início das devidas providências.

Robinho Samara finalizou dizendo que irá continuar acompanhando o processo e espera que o DNIT resolva essa questão burocrática para atender as necessidades de Aparecida do Taboado.

Prefeito, equipe de governo e vereadores durante reunião com o secretário de Estado de Obras, Murilo Zauith.