No último dia 14, durante reunião entre a Associação Integra Costa Leste/TUR com representante da FUNDTUR/MS, foi feita a criação da IGR – Instancias de Governança Regional, na busca do fortalecimento do turismo da Região Costa Leste, cujo município de Aparecida do Taboado faz parte.

Estiveram representando Aparecida do Taboado: o presidente do Conselho Municipal de Turismo-COMTUR, Vitor Donizete Martins; e as conselheiras, Suelen da Silva André e Érica Patrícia Viana. Na oportunidade, o representante da FUNDTUR/MS, Diego G. dos Santos, apresentou as atuais políticas da FUNDTUR para apoio ao Turismo no Estado, que passam a ser descentralizadas e regionalizadas.

Diego falou sobre a necessidade de se criar IGR – Instancias de Governança Regional, uma vez que já existe a Associação Integra Costa Leste. Após finalizar a criação a FUNDTUR será comunicada e a Associação irá apresentar o formato da Associação, os objetivos e os parceiros que a integram.

Foi apresentado aos presentes o mapa de turismo e apontado que atualmente apenas três municípios da Costa Leste e outros três municípios do Vale do Aporé fazem parte. Diego colocou em discussão se não seria interessante juntar as duas regiões, levando em consideração que a Região do Vale do Aporé também não constituiu uma IGR.

Os demais municípios continuariam a fazer parte da região como um todo, mas apenas esses seis municípios seriam considerados municípios turísticos, atendendo aos critérios da FUNDTUR e do MINTUR. Na medida em que os demais se organizem poderão em versões futuras constar no mapa do turismo do Estado também.

Com relação a recursos para as despesas do IGR, o FUNDTUR sugeriu a busca em fundos privados que, além, de desonerar setor o público, teria mais agilidade nos processos de aprovação de despesas e gastos. Deu como exemplo a geração de contribuições (%) junto ao pagamento de gastos em atividades e produtos relacionados ao turismo como hospedagens, restaurantes e produtos comercializados.

Em outro momento falou a importância dos municípios atenderem os determinados critérios de organização em prol do Turismo e figurarem no mapa da regionalização do MINTUR. O chamado mapa do turismo.

A reunião contou ainda com representantes dos municípios de Três Lagoas, Paranaíba, Brasilandia, Bataguassu e Santa Rita do Pardo.