A campanha nacional de vacinação contra a gripe começou oficialmente nesta quarta-feira, 10, e o município de Aparecida do Taboado atende o grupo prioritário, formado por gestantes, puérperas (mães que deram à luz há menos de 45 dias); idosos e crianças de seis meses a seis anos, em todas as unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF’s).

O prefeito Robinho Samara, o secretário de Saúde, Márcio Garcia Galdino e a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Mirian Regina do Nascimento, acompanharam o início da vacinação na ESF Jardim das Flores, uma das unidades com maior número de atendimento.  “Neste período do ano é muito importante fazer a imunização, porque a queda das temperaturas no outono e no inverno tende a aumentar as aglomerações de pessoas em lugares fechados e sem ventilação. É muito importante que todo o público-alvo seja atendido”, disse o prefeito.

Durante a campanha todas as ESF’s farão atendimento das 7h às 11h e das 13h às 17h. Segundo informou o secretário de Saúde, a partir do dia 19 de abril a campanha será estendida para os demais grupos que têm direito à vacinação gratuita, ou seja, profissionais de saúde, professores da rede pública ou privada, portadores de doenças crônicas (como HIV) e pessoas privadas de liberdade.

A Prefeitura fará o dia “D” de vacinação no dia 04 de maio, das 07h às 17h, em todas as unidades sem intervalo, com o intuito de atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo, que neste ano passou de pouco mais de 4 mil para 6.900 pessoas, devido o aumento da faixa etária de crianças menores de cinco para menores de seis anos . “A vacinação evita que o cidadão atendido tenha pneumonia e agravos da gripe. É importante a prevenção, pois tem casos que ocasionam até mesmo a morte. Estamos contemplando mais uma faixa etária e a gente pede para que os pais ou responsáveis entendam a importância da vacinação e levem seus filhos para se vacinarem contra a gripe”, orientou a coordenadora de Vigilância Epidemiológica.

Para vacinar é preciso a apresentação do cartão de vacina, cartão da unidade de saúde e a carteira do SUS (Sistema Único de Saúde).