A 4ª Delegacia de Serviço Militar e Junta Militar de Aparecida do Taboado, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizaram, nesta sexta-feira, 26, no Centro Cultural e Pedagógico “Agrício José Tolentino”, cerimônia para a entrega dos Certificados de Dispensa de Incorporação (CDI) e compromisso à Bandeira Nacional pelos cidadãos dispensados da prestação do Serviço Militar inicial, classe 1996 e as classes anteriores do município de Aparecida do Taboado.

A cerimônia cívica reuniu 12 jovens de Aparecida do Taboado e um de Paranaíba, alistados no Serviço Militar, para receberem seus certificados de dispensa de incorporação. Participaram da solenidade: o tenente Jonas Santos, comandante da Polícia Militar; a secretária de Assistência Social e primeira-dama, Lucilene Tábuas Carrasco, que na ocasião representou o prefeito José Robson Samara Rodrigues de Almeida (Robinho), presidente da 10ª Junta de Serviço Militar; o secretário de administração, Jary Augusto; a secretária da Junta Militar de Paranaíba, Andreia Freitas; e a secretária da Junta Militar do município, Agnes Leite.

Agnes Leite, secretária da Junta Militar local, informou aos jovens que quem não está em dia com o Serviço Militar pode ter vários problemas, como para participação em concursos e a retirada de passaporte. O certificado de dispensa é exigido em qualquer atividade: escola, universidade, trabalho, concursos, entre outros. “O CDI dá a certeza para a empresa que o jovem está livre do serviço militar. Nenhum empregador pode contratar com carteira assinada acima de 18 anos sem que esteja com a situação militar em dia”.

O secretário de Administração, Jary Augusto, fez uso da palavra e salientou que o momento é de grande significado para a vida dos jovens. “Vocês passam agora a sofrer as penalidades legais a partir dos 18 anos e são responsáveis pelos seus atos. Vocês respondem tanto cível quanto penalmente na grande maioria das situações. Espero que vocês sigam o caminho certo. Neste momento é a fase que vocês começam a decidir o que querem para a vida de vocês; a vida acadêmica, a profissional e familiar. Que vocês disfrutem muito bem com saúde, paz e tranquilidade”, disse.

No município cerca de 300 jovens chegam à maior idade por ano. O cidadão que não se alistou deve passar na junta e regularizar a sua situação. Aparecida do Taboado é um município não tributário, o que significa que é isento do Serviço Militar, porém o jovem recebe o certificado igual ao dos municípios não isentos. O Serviço Militar é obrigatório em todo o país, e todo jovem é obrigado a se apresentar, no ano em que completa 18 anos, para fazer o alistamento militar.