A Prefeitura de Aparecida do Taboado realizou Audiência Pública para apresentar a prestação de contas da Saúde durante 1º quadrimestre do ano de 2019, o que corresponde de janeiro a abril de 2019. O ato, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde, ocorreu na tarde desta terça-feira, 11, às 17h (BR), no plenário da Câmara de Vereadores.

A audiência foi conduzida pelo secretário municipal de Saúde, Márcio Garcia Galdino. Ao iniciar, ele agradeceu a presença de todos e fez um pequeno resumo sobre os atendimentos no período. O secretário informou que foram realizadas 12.402 consultas na Atenção Básica; 1.057 consultas de atendimentos especializados; 16.174 atendimentos de Urgência em Atenção Especializada (Pronto Socorro). Além disso, foram feitas 29.738 administrações de medicamentos, sendo grande parte feita na FESAT (Fundação Estatal de Saúde de Aparecida do Taboado); feitos 3.485 Raio-X; 9.098 exames de diagnóstico (exames de sangue); distribuídos 785.544 comprimidos; feitas 921 viagens e transportados 3.625 pacientes.

Ao especificar tais atendimentos, Márcio contou que somados todos os atendimentos nas ESF’s (Estratégia de Saúde da Família), foram realizados 91.861 procedimentos, sendo 12.823 na ESF Pereira; 12.135 na ESF Vila Barbosa; 16.163 na ESF Jardim do Lago; 20.777 na ESF Central; 12.856 na ESF Jardim das Flores e 17.107 procedimentos na ESF São Jerônimo.

Na UBS (Unidade Básica de Saúde) “Manoel Rodrigues de Almeida”, o Postão, onde são atendidas as especialidades, exames laboratoriais e Raio-X, o número de procedimentos foi de 10.806. O CEDIT (Centro de Diagnóstico, Imagem e Terapia) fez 1.430 procedimentos, entre atendimentos fisioterapêuticos e consultas de fonoaudiologia. A Central de Regulação Municipal teve 2.234 atendimentos entre liberação de consultas e exames de especialidades. Já na Farmácia Participativa “Sebastião Garcia Queiroz” foram distribuídos 785.544 medicamentos para a população.

A Vigilância de Vetores fez 12.469 visitas domiciliares no Combate ao Mosquito Transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus, o que corresponde a uma cobertura de 46,15% das residências no município. Ainda na Vigilância de Vetores, com a execução do mutirão de limpeza foram visitados 5531 imóveis e 48 toneladas de pneus inservíveis foram enviados para a reciclagem pelo EcoPonto.

A Vigilância Epidemiológica, por sua vez, registrou 419 procedimentos, tendo 399 notificações de dengue confirmadas. E, a Vigilância Sanitária, teve 589 procedimentos entre visitas, atendimentos de reclamações e exames de leishmaniose.

A Fundação Estatal de Saúde de Aparecida do Taboado (FESAT) também apresentou o relatório de atendimentos à Secretaria Municipal de Saúde e a nova administração da unidade foi elogiada pelo secretário. Ele destacou principalmente que houve uma significativa melhora no acolhimento dos pacientes para a internação. “A ortopedia, por exemplo, era um constante problema, não tínhamos condições nem de fazer avaliações cirúrgicas. Hoje, com a contratação de profissionais as cirurgias são feitas aqui. Outra situação que melhorou foi a Pediatria, com dois médicos efetivos, de todos os atendimentos gestacionais apenas duas gestantes de alto risco foram transferidas para outros municípios”, contou.
A FESAT registrou 341 internações, além disso, foram feitos 65.260 procedimentos. Márcio destacou ainda que é expectativa da Fundação zerar a fila de espera de pequenas cirurgias em aproximadamente 2 meses e, com a implantação do aparelho de ultrassonografia computadorizada espera-se zerar a fila de demanda reprimida de ultrassom do município.

Outro setor que tem demonstrado avanço, segundo o secretário é o NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família), que passou a oferecer, na Academia da Saúde, mais acolhimento à comunidade com atividades educativas, orientações em grupo na Atenção Básica, práticas de atividades físicas, visitas domiciliares; terapia individual, atendimentos fisioterapêuticos, entre outros. Durante o primeiro quadrimestre foram feitos 28.918 procedimentos.

Ao finalizar a apresentação de despesas empenhadas, liquidadas e pagas por cada unidade, o secretário encerrou fazendo um agradecimento à equipe da Saúde de Aparecida do Taboado e ao Poder Executivo. “É devido à boa equipe que a Secretaria Municipal de Saúde conta que podemos oferecer um bom trabalho à população. Agradeço o apoio do prefeito Robinho Samara em todas as ações da Saúde”.