Vigilância Sanitária ministrou palestras para lembrar “Dia Nacional de Combate à Leishmaniose”

Para alertar sobre o avanço da doença, a Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida do Taboado, por intermédio da Vigilância Sanitária, lembrou o Dia Nacional de Combate à Leishmaniose, comemorado anualmente no dia 10 de agosto, com palestras em todas as Unidades de Saúde, na última sexta-feira, 09.

A Leishmaniose é doença infecciosa, porém não contagiosa causada por parasitas do gênero Leishmania. Ela é transmitida a partir da picada do mosquito palha infectado. O trabalho de prevenção foi intensificado devido o grande número de animais infectados e três casos registrados em humanos. Até o momento, foram testados 222 cães, deste número 144 foram confirmados com a doença, sendo que 33 precisaram receber a eutanásia. Em humanos, foram registrados um caso de Leishmaniose tegumentar e dois de visceral.

De acordo Adilson Valentim, coordenador da Vigilância Sanitária, o primeiro caso neste ano foi confirmado no mês de junho, desde então a Secretaria de Saúde trabalha com ações de bloqueio ao avanço da doença em nove quarteirões na região onde casos são registrados.

Durante as palestras, o coordenador reforçou que a prevenção coletiva é uma forma de ajudar no combate ao mosquito. “Limpar quintais, denunciar terrenos sujos e pessoas que fazem criação de aves e suínos em áreas urbanas são atitudes que contribuem para a não proliferação do mosquito”, falou. 

Adilson ainda orientou sobre o acompanhamento dos animais e pessoas doentes e explicou as características da doença no cão. Segundo ele, em casos da doença no animal, o Ministério da Saúde preconiza a eutanásia. Já a doença em humanos tem tratamento. “O animal recebe a eutanásia sem sofrimento, em clínica, por um veterinário e com medicamento. Esse procedimento é feito apenas com a autorização do dono, se ele não aceitar deve assinar um termo de responsabilidade”, disse.

Na Unidade de Saúde da Família Central, o coordenador contou com a participação da doutora Elisa Maria Melo, que explicou sobre os sintomas e cuidados necessários com a Leishmaniose em humanos. Ao final, Adilson aproveitou para salientar que as três pessoas confirmadas com a doença no município foram devidamente acompanhadas pela Secretaria Municipal de Saúde, fazendo o tratamento injetável disponibilizado pelo Ministério da Saúde. Os pacientes receberam diariamente, por um período de 20 a 30 dias, injeções com doses de glucantime.

“Todos concluíram com sucesso o tratamento e passam bem. O mais importante antes de chegar ao ponto de fazer o tratamento é fazer a prevenção. Usem repelente, tela de proteção em janelas. É preciso proteger principalmente crianças, idosos e gestantes”.

 Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Eugênia Maria de Freitas Paiva, além deste acompanhamento dos pacientes, a Secretaria de Saúde fez reuniões com os médicos, enfermeiros, equipes das ESF’s (Estratégia de Saúde da Família) e agentes de Saúde para orientações quanto aos atendimentos à população e medidas a serem tomadas quando ocorrerem casos suspeitos.

O cidadão que tiver os sintomas da doença deve procurar imediatamente uma Unidade Básica de Saúde. Todos os postos estão abastecidos com testes rápidos, de acordo com informação da coordenadora.

No mês de setembro está programada a instalação de armadilhas para identificar o mosquito infectado. O trabalho é feito apenas pela Secretaria de Estado de Saúde e conta com apenas uma equipe para atender aos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

Compartilhe com os amigos:

Programa “Saúde do Homem e da Mulher Rural” será realizado no dia 31 de agosto

A Prefeitura Municipal de Aparecida do Taboado, por meio da Secretária Municipal de Saúde, em parceria com o Sindicato Rural e a FAMASUL, realizará no sábado, dia 31 de agosto, o programa especial “Saúde do Homem e da Mulher Rural”.

         Esta é a segunda vez que o município recebe a campanha. A iniciativa traz dermatologista, nutricionista, urologista para homens entre 45 e 80 anos e preventivos para mulheres. Além disso, haverá a prevenção de doenças e testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites B e C. A programação contará ainda com aferição de pressão arterial, orientação sobre a saúde bucal, confecção de cartão do SUS, entre outros procedimentos.

         De acordo com Janete Queiroz, diretora de áreas médicas da Secretaria Municipal de Saúde, este ano o evento será realizado no posto de saúde da área central do município e terá início às 8 horas e terminará às 15 horas (BR), devendo atender entorno de 250 pessoas. “Os agendamentos estão sendo realizados nas Unidades de Saúde, CEM (Centro de Especialidades Médicas), Central de Regulação e na Secretária Municipal de Saúde”, lembrou.

Estão sendo ofertadas para agendamentos: 150 vagas para consulta médica com urologista; 50 vagas para consultas médicas com dermatologista; e 50 vagas para consulta médica com ginecologista.  

         O programa está em vigor desde 2016 e realizou 31 eventos até o final de 2018. Foram mais de 7 mil homens e 5 mil mulheres, totalizando 12.695 pessoas atendidas. Por intermédio do programa foram realizados, aproximadamente, 32 mil procedimentos.

Compartilhe com os amigos:

Leishmaniose: Após identificação de casos em humanos, Saúde intensificou trabalho de prevenção da doença

Após confirmação de três casos de Leishmaniose humana, sendo um tegumentar e dois de visceral, a Vigilância Sanitária e a Vigilância Epidemiológica, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida do Taboado, intensificaram o trabalho de prevenção contra a doença.

Desde a confirmação do primeiro caso, no mês de junho, a Secretaria trabalha com ações de bloqueio ao avanço da Leishmaniose nas áreas de risco, onde os casos foram identificados e nos bairros vizinhos. Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Eugênia Maria de Freitas Paiva, além deste trabalho houve reuniões com os médicos, enfermeiros, equipes das ESF’s (Estratégia de Saúde da Família) e agentes de Saúde para orientações quanto aos atendimentos à população e medidas a serem tomadas quando ocorrerem casos suspeitos.

Eugênia contou ainda que as três pessoas com a doença foram devidamente acompanhadas pela Secretaria Municipal de Saúde, fazendo o tratamento disponibilizado pelo Ministério da Saúde, feito de forma injetável. Os pacientes receberam diariamente, por um período de 20 a 30 dias, injeções com doses de glucantime. “Todos concluíram com sucesso o tratamento e passam bem. É importante ressaltar que em caso de suspeita da doença seja procurada imediatamente uma Unidade Básica de Saúde. Todos os postos estão abastecidos com testes rápidos”, disse.

A Leishmaniose é doença infecciosa, porém não contagiosa, causada por parasitas do gênero Leishmania. Ela é transmitida a partir da picada do mosquito palha infectado. A coordenadora reforça o pedido para que a população se atente aos cuidados para evitar a presença do mosquito flebótomo, vetor da doença, em seus quintais ou terrenos baldios. “Para combater a doença é essencial o apoio da população, no que diz respeito à higiene. Os agentes de Saúde trabalham com o recolhimento de materiais que podem ser criadouros do mosquito, mas é preciso da colaboração dos moradores”, ressaltou.

O mosquito palha vive e reproduz em ambientes escuros, úmidos e com acúmulo de lixo orgânico, por isso orienta-se para evitar a criação de porcos e galinha em área urbana; manter a casa e o quintal livres de matéria orgânica, recolhendo folhas de árvores, fezes de animais, resto de madeira e frutas.

De acordo Adilson Valentim, coordenador da Vigilância Sanitária, até o momento, foram testados 222 cães, destes foram confirmados com a doença 114 animais e 34 receberão a eutanásia. A Secretaria de Saúde solicitou ao Estado a instalação de armadilhas para identificar o mosquito infectado. A ação está programada para ocorrer no mês de setembro, pois este tipo de armadilha deve ser colocado com a ausência de vento, além de ser disponibilizado apenas pelo Estado que conta somente com uma equipe de Programa de Controle de Leishmaniose para atender os 79 municípios.

O que é Leishmaniose Visceral?

A Leishmaniose Visceral é uma doença infecciosa sistêmica, caracterizada por febre de longa duração, aumento do fígado e baço, perda de peso, fraqueza, redução da força muscular, anemia e outras manifestações.

Se não tratada, pode levar a morte em 90% dos casos.

O que é Leishmaniose Tegumentar?

A tegumentar é uma doença infecciosa, não contagiosa, transmitida por diversas espécies de protozoários do gênero Leishmania, que acometem o homem e provocam úlceras na pele e nas mucosas das vias aéreas superiores.

A leishmaniose tegumentar é um problema de saúde pública, de notificação compulsória. Sem tratamento pode ter consequências bastante graves. A doença é conhecida também pelos nomes de úlcera de Bauru, nariz de tapir, botão do oriente e ferida brava.

Sintomas da doença em cães

Quando os cães adoecem, apresentam principalmente os seguintes sinais clínicos: apatia; lesão de pele; queda de pelos, inicialmente ao redor dos olhos e nas orelhas; emagrecimento; lacrimejamento; e crescimento anormal das unhas.

Compartilhe com os amigos:

Central de Regulação e Vigilância Sanitária passarão a atender em novo endereço

A Central de Regulação e a Vigilância Sanitária, órgãos da Secretaria Municipal de Saúde, passarão a atender, a partir de segunda-feira, 05, em novo endereço. Os atendimentos que ocorrem na Rua Marcolino Teixeira de Queiroz, nº 735, de frente a Praça da Matriz, serão realizados na Rua José Antônio de Carvalho, nº 4372, próximo ao móvel usado Leão, no Jardim Paraíso II.

De acordo com secretário de Saúde, Márcio Garcia Galdino, a mudança se faz necessária para atender as necessidades físicas dos atendimentos da unidade à população.

A mudança ocorrerá nesta quinta-feira, 01, a partir das 12h, e terá prosseguimento na sexta-feira, 02, por este motivo os serviços serão temporariamente suspensos. O secretário pede a compreensão de todos e avisa que o atendimento se normalizará na segunda-feira.

A Central de Regulação é responsável pelos agendamentos de exames e transporte de pacientes. O prédio também abriga a Vigilância Sanitária.

Compartilhe com os amigos:

Prefeitura levou 32 mulheres para prevenção do Câncer de Mama em Campo Grande

Em continuidade aos atendimentos feitos no município de Aparecida do Taboado em parceria com o Grupo “Onça Pintada”, no dia 17 de junho, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, levou, no último sábado, 32 mulheres para fazer exames de prevenção do câncer de mama em Campo Grande.

A viagem foi organizada pela Central de Regulação e a saída ocorreu no Pronto Socorro, sendo acompanhada pelo prefeito Robinho Samara, diretora de áreas médicas, Janete Queiroz, e vereadores Gilson Barros e Andrey dos Reis.

A parceria nasceu por conta da crescente demanda de pedidos no município, apresentada pela Secretaria de Saúde. “A gente sabe da importância e necessidade para a mulher a realização desses exames, aqui no município não temos condições de realizá-los em grande escala, mas buscamos parcerias para levar as pacientes. Estamos empenhados em prestar o melhor serviço para a comunidade”, declarou o prefeito Robinho Samara. 

Robinho enfatizou que com a ajuda dos vereadores é possível ter condições de buscar recursos para este tipo de serviço. “Quando eu falava que a saúde era a Secretaria mais importante para mim, hoje eu posso demonstrar com o número de veículos adquiridos e com os programas de Saúde implantados”, disse.

Janete Queiroz, por sua vez, agradeceu as colaboradoras da Central de Regulação que além de organizar a logística também foram acompanhar as pacientes.

A mamografia ajuda a detectar possíveis sinais de câncer de mama antes mesmo do nódulo ser formado. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama ainda é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo inteiro. A estimativa do INCA em 2018 é de 59.700 novos casos no Brasil, com 14.206 mortes relacionadas ao tumor em 2013 (SIM). A mamografia é um exame muito importante para a saúde da mulher. Por meio dele é possível detectar e diagnosticar precocemente a doença.

No Brasil, o Ministério da Saúde recomenda que todas as mulheres com 50 anos ou mais façam mamografia de rotina a cada dois anos, independentemente de pedido médico.

Antes dos 50 e depois dos 70 anos de idade, o Ministério da Saúde do Brasil e a Organização Mundial da Saúde consideram que a mamografia de rotina não traz benefício.

Compartilhe com os amigos:

Aparecida do Taboado é contemplada com R$ 450 mil para a Saúde

Durante solenidade de assinatura de atos para habilitações de serviços em Saúde de Mato Grosso do Sul, realizada na última segunda-feira, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, Aparecida do Taboado foi contemplada com emenda parlamentar no valor de R$ 450 mil para serem investidos exclusivamente na Saúde municipal.

O anúncio foi feito pelo ministro Luiz Henrique Mandetta, que em parceria com o governador Reinaldo Azambuja apresentou um pacote de investimento de R$ 167 milhões do Ministério da Saúde no Estado para atender o Hospital Regional de Campo Grande e mais 60 municípios.

O ato foi acompanhado pelo prefeito Robinho Samara, que comemorou a destinação da emenda parlamentar pelos senadores Nelsinho Trad e Simone Tebet. “Nós temos trabalhado incansavelmente para oferecer melhorias na Saúde de Aparecida do Taboado. Ganhamos forças em Brasília e no Estado com a eleição do deputado federal Beto Pereira e do deputado estadual Gerson Claro. Eu gostaria de agradecer especialmente a eles por sempre nos ajudar a apresentar as demandas de Aparecida do Taboado e conseguir mais recursos”, disse o prefeito.

Prefeito Robinho Samara (canto à esquerda).

Em sua fala, o ministro disse que estes investimentos podem ajudar muito a diminuir o “estresse na saúde”. Apenas para a habilitação de serviços do SUS (Sistema Único de Saúde) em hospitais e centros de atenção psicossociais, o repasse de recursos será de R$ 16 milhões, que deve alcançar 13 municípios.

Com o aporte de emendas parlamentares, que chegam a R$ 30 milhões, serão liberados pelo ministro mais R$ 48 milhões a 50 municípios. Mandetta ponderou que assim que entrou no Ministério (Saúde) fez questão de verificar todas as emendas que estavam paradas neste setor. “Teve a liberação das impositivas, independente de partido”, adiantou.

Também participaram da cerimônia: a Ministra de Agricultura, Tereza Cristina; os secretários estaduais Geraldo Resende (Saúde), os especiais Carlos Alberto de Assis e Sergio de Paula (Articulação Política), senador Nelsinho Trad, deputados federais Beto Pereira e Fabio Trad e 50 prefeitos, além de vices, secretários, deputados estaduais e vereadores, entre outros.

Compartilhe com os amigos:

“Operação Tapa Buraco” é retomada em Aparecida do Taboado

Depois de um novo processo licitatório a Prefeitura de Aparecida do Taboado retomou as atividades da “Operação Tapa Buraco” e visa atender toda a cidade. O trabalho será feito de maneira setorizada pela Construtora Gomes, empresa vencedora do certame com prazo de validade de oito meses.

A operação foi iniciada na tarde da última quarta-feira pelo setor 02, que compreende parte do Centro, Vila Rica, Jardim São Bento, Jardim Brandini, Jardim Jerusa, Vila Real, Vila Pereira e Jardim Imperial. Na ocasião, o prefeito Robinho Samara acompanhou os serviços, ladeado do secretário de Obras, Igor Vougado; do secretário de Administração, Jary Augusto Silva e do engenheiro da Construtora Gomes, João Batista.

“Esperamos que a firma faça o melhor serviço em nosso município, por isso vamos continuar fiscalizando. O ‘tapa buraco’ está sendo feito de maneira correta e esperamos atender todos os bairros o mais breve possível”, afirmou o prefeito.

As primeiras ruas a serem atendidas são: Rua da Liberdade; José Antônio de Carvalho; Maximino da Rocha; Roberto Antônio da Silva; Manoel da Silva; Abadio de Almeida; Alaor Bernardes; e Amauri Rodrigues da Silva. Logo após, a Secretaria Municipal de Obras passará para o próximo setor, conforme o cronograma.

De acordo com Igor Vougado, a meta da Administração Municipal é concluir as áreas consideradas mais críticas em três meses. “O prefeito Robinho Samara tem cobrado agilidade no serviço para que a cidade ofereça melhor trafegabilidade à população e visitantes. Estamos acompanhando de perto o trabalho feito pela Construtora Gomes”, falou.

Confira o planejamento de setores da Secretaria Municipal de Obras para a empresa:

Setor 01 – Avenidas

Setor 02: Parte do Centro, Vila Rica e Jardim São Bento, Jardim Brandini, Jardim Jerusa, Vila Real, Vila Pereira e Jardim Imperial.

Setor 03: Centro, Vila São Jerônimo, Jardim dos Pioneiros, parte da Vila Barbosa, Vila Garcia e Vila Dourado.

Setor 04: Chácara Boa Vista, Residencial Cidade Nova, Vila Militar, parte do Jardim BRandini, Jardim Paulista e Jardim Evely.

Setor 05: Jardim Aeroporto, Jardim Félix I e II e Jardim das Flores.

Setor 06: Jardim do Lago, Vila São Luiz, Residencial Ovídio, Jardim Wilson Lucas, Vila São Jerônimo e Vila Glória.

Setor 07: Jardim Redentora, Vila Barbosa e Chácara Boa Vista.

Compartilhe com os amigos:

Prefeito entregou monitor fetal para a FESAT

A Saúde de Aparecida do Taboado tem ganhado maior respaldo por parte do Executivo Municipal. Na manhã desta terça-feira, 25, o prefeito Robinho Samara e o secretário de Saúde, Márcio Garcia Galdino, estiveram na FESAT (Fundação Estatal de Saúde de Aparecida do Taboado) para entregar um aparelho de monitoração fetal, que irá ajudar na realização de exames em gestantes. 

O monitor Cardiotocógrafo é indicado para monitoração da gestação durante as fases que antecedem o parto, por meio da ausculta e visualização dos batimentos cardíacos fetais, da monitoração da contração uterina e dos movimentos fetais.

O ato foi acompanhado pela diretoria do hospital, vereadores Andrey Reis e Alaor Bernardes da Silva (Lolozinho), secretário municipal de Administração, Jary Augusto Silva, e secretário municipal de Obras, Igor Vougado e diretora de áreas médicas da Secretaria Municipal de Saúde, Janete Queiroz.

Mara Nilza, diretora da FESAT, agradeceu ao prefeito pelos investimentos na Saúde que contribuem para melhorar os atendimentos à população. “Com a aquisição deste aparelho as gestantes terão mais uma maneira de acompanhar a gravidez e o seu bebê. Estamos muito contentes e agradecidos”, disse.

O secretário de Saúde, Márcio Garcia Galdino, ressaltou aos presentes que a Administração Municipal tem investido muito no hospital. “Já está em funcionamento o aparelho de ultrassom; agora adquirimos o cardiotocógrafo; vamos colocar em funcionamento o Raio-X Digital nos próximos 15 dias e o aparelho de endoscopia no mês de agosto; vai chegar o aparelho BIPAP, que faz a ventilação mecânica do paciente; o prefeito aumentou o repasse de R$ 315 mil para R$ 405 mil e ainda fará a reforma e ampliação do hospital, além de licitar mais uma ambulância UTI. São muitos os investimentos para oferecer mais saúde à população aparecidense”, contou.

Compartilhe com os amigos:

Prefeito e equipe de governo foram à Brasília solicitar recursos para Saúde e Infraestrutura

Em busca de apoio para fortalecer o trabalho de duas importantes pastas da gestão municipal, na última semana, o prefeito Robinho Samara viajou à Brasília acompanhado de sua equipe de governo com o objetivo solicitar recursos que contemplem a Saúde e Infraestrutura de Aparecida do Taboado.

O Executivo Municipal foi representado pelo prefeito; secretário municipal de Saúde, Márcio Garcia Galdino; procurador jurídico, Marcelo Pizzi; procurador jurídico geral, Rodrigo Oliveira; e chefe de Gabinete, Claudinei Paulo da Silva.

A primeira reunião foi realizada com o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, juntamente com os deputados federais Vander Loubet e Beto Pereira; senador Nelsinho Trad. Na oportunidade, Robinho solicitou agilidade para a liberação de recursos para o hospital, bem como agradeceu ao Ministro que, quando deputado, enviou emenda ao município de Aparecida do Taboado para a aquisição de um Raio-X digital, aparelho este entregue na FESAT (Fundação Estatal de Saúde) nesta terça-feira, 25. Durante a tratativa, o Chefe do Executivo solicitou ainda que seja dada maior atenção e agilidade ao projeto de reforma e ampliação do hospital local.

Em um segundo momento, houve uma reunião na FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) com o presidente Dr. Ronaldo Nogueira, que garantiu recursos para dar continuidade na obra de saneamento da Vila Glória, Rodrigues e São Jerônimo.

“A viagem foi muito favorável. Além disso, aproveitamos a oportunidade para nos reunir com o Deputado Federal Beto Pereira que nos confirmou emendas ainda neste ano; fomos até o gabinete da senadora Simone Tebet, da senadora Soraya Tronicke e do senador Nelsinho Trad, que também confirmaram prestigiar Aparecida do Taboado. Voltamos para o município com o sentimento de dever cumprido e agora vamos acompanhar as nossas solicitações para que tudo seja realizado o mais breve possível”, contou o prefeito.

Compartilhe com os amigos:

Prefeito recebeu devolução de R$ 300 mil da Câmara e usará para ajudar nas despesas da FESAT

Nesta segunda-feira, 24, o prefeito Robinho Samara foi recebido na Câmara Municipal de Vereadores para receber a devolução de R$ 300 mil referentes à economia do Legislativo. O recurso será investido na área da Saúde, mais precisamente para ajudar nas despesas da Fundação Estatal de Saúde de Aparecida do Taboado (FESAT).

Durante a reunião com o presidente da Câmara, José Rodrigues de Matos (Zezão) e os vereadores presentes Andrey Reis, Alaor Bernardes (Lolozinho), Gilson Barros, Ronaldo Neris, Walteir José de Oliveira (Véião) e Marcelo Fagundes, o Chefe do Poder Executivo confirmou que o dinheiro será destinado para a FESAT. “Os recursos poupados na Câmara, agora devolvidos ao Executivo, são muito bem-vindos e irão ajudar nas despesas do hospital”.

O ato foi acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, Márcio Garcia Galdino; secretário de Fazenda e Planejamento, Juner Cézar Pereira da Costa; secretário de Administração, Jary Augusto Silva; e pelo procurador jurídico, Rodrigo de Oliveira.

Robinho aproveitou para elogiar o espírito comunitário. “Independente de partidos políticos, notamos que os integrantes do Poder Legislativo são sensíveis aos pleitos da população, que almeja melhores condições de atendimento na área da saúde”, falou.

O presidente da Câmara, Zezão, salientou que a antecipação do recurso visa auxiliar o Executivo nos compromissos com a Saúde Municipal. “Devemos trabalhar em união, pelo bem da população aparecidense. Este é o principal motivo pelo qual resolvemos antecipar a devolução”, disse.

De acordo com o Tribunal de Contas, havendo sobra de recurso financeiro, depois de atendidas todas as despesas, a Câmara deverá efetuar a devolução ao Poder Executivo, dentro do exercício financeiro em que ocorrer, portanto o procedimento é totalmente correto.

Compartilhe com os amigos: