Chegou o tão esperado dia em que as 327 famílias contempladas com uma unidade habitacional nos residenciais “Tia Chica I e II” receberão as chaves de sua nova moradia. A Prefeitura de Aparecida do Taboado fará a entrega nesta quinta-feira, 30, em uma solenidade no local, às 9h30 (BR).

O evento tem presenças confirmadas do governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do Ministro das Cidades, Alexandre Baldy; e do presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi.

As unidades habitacionais foram construídas através do Programa Minha Casa Minha Vida. As casas têm 42,41 metros quadrados com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e hall, além de toda infraestrutura, como asfalto, iluminação, aquecedor solar e água, em terreno adquirido pela Prefeitura de Aparecida do Taboado.

Com esta entrega a Administração Municipal totaliza 489 casas conquistadas para Aparecida do Taboado. Destas, 17 foram construídas na zona rural, 96 no Jardim das Flores e outras 49 serão construídas em breve, em parceria com o Governo do Estado.

O prefeito Robinho Samara anunciou a entrega nesta quarta-feira, 29, em emissoras de rádio da cidade. Ele destacou a alegria em entregar novas moradias para a população. “Nós lutamos para conquistar estas unidades habitacionais. Foram muitas reuniões para que amanhã a gente entregue as casas para os contemplados. Estamos muito felizes, porque este é mais um dos sonhos realizados; temos muitos outros ainda para Aparecida do Taboado e com muita fé em Deus, minha esposa Lucilene [secretária de Assistência Social] e eu temos trabalhado de cabeça erguida e com vontade para tirar mais 327 famílias do aluguel e colocar dentro de uma moradia própria. Não tem nada mais importante e gratificante”, falou.

Robinho destacou ainda que continuará em busca de mais moradias para a cidade. “Vou continuar buscando incansavelmente mais moradias para Aparecida do Taboado. Temos ainda um déficit de quase 1000 moradias, por isso vamos lutar para diminuir isso. Quando trabalhamos com afinco quem ganha é a população e é por este motivo é que a gente trabalha e torce por uma cidade mais digna de se morar, buscando fazer um governo mais humano”, finalizou.